Introdução da REVISÃO IV do Livro de Exercícios de “Um Curso em Milagres” (UCEM)




REVISÃO IV

Introdução



1. Agora vamos revisar novamente, desta vez cientes de que estamos nos preparando para a segunda parte do aprendizado que trata do modo como a verdade pode ser aplicada. Hoje, começaremos a nos concentrar em estarmos prontos para o que virá a seguir. Tal é o nosso objetivo nesta revisão e nas lições que se seguem. Assim, revisamos as lições recentes e os seus pensamentos centrais de tal modo que venha a facilitar o estado de prontidão que queremos conseguir agora.

2. Há um tema central que unifica cada passo na revisão que empreendemos e que pode ser declarado simplesmente nestas palavras:

Minha mente contém só o que eu penso com Deus.

Isso é um fato e representa a verdade do Que tu és e do Que é o teu Pai. É através desse pensamento que o Pai deu a criação ao Filho, estabelecendo o Filho como cocriador com Ele Mesmo. É esse pensamento que garante inteiramente a salvação para o Filho. Pois na sua mente nenhum pensamento pode habitar, senão aqueles que seu Pai compartilha. A ausência do perdão bloqueia esse pensamento na tua consciência. No entanto, ele é verdadeiro para sempre.

3. Comecemos a nossa preparação com alguma compreensão das muitas formas nas quais a ausência do verdadeiro perdão pode ser cuidadosamente ocultada. Por serem ilusões, não são percebidas pelo que são: defesas que protegem os teus pensamentos que negam o perdão de serem vistos e reconhecidos. O seu propósito é mostrar-te alguma outra coisa e impedir a correção através de autoenganos feitos para tomar o lugar da correção.

4. E, no entanto, a tua mente só contém o que pensas com Deus. Os teus autoenganos não podem tomar o lugar da verdade. Assim como uma criança que joga um pedaço de pau no oceano não consegue mudar a subida e a decida das marés, o aquecimento da água pelo sol, o prateado da lua sobre ela à noite. Com isso em mente, iniciamos cada período de prática nesta revisão aprontando as nossas mentes para compreendermos as lições que lemos e vermos o significado que nos oferecem.

5. Começa cada dia com um tempo dedicado à preparação da tua mente para aprender o que cada ideia que revisares naquele dia pode te oferecer em liberdade e em paz. Abre a tua mente e limpa-a de todos os pensamentos que querem enganar, deixando apenas este pensamento ocupá-la por inteiro e removendo o resto:

Minha mente contém só o que eu penso com Deus.

Cinco minutos com esse pensamento será o suficiente para estabelecer o dia de acordo com as linhas que Deus designou e para colocar a Sua Mente a cargo de todos os pensamentos que receberás naquele dia.

6. Eles não virão só de ti, pois todos serão compartilhados com Ele. E, assim, cada um te trará a mensagem do Seu Amor e retornará a Ele com mensagens do teu. Desse modo, a comunhão com o Senhor dos Anfitriões será tua, como a Sua Vontade determinou que seja. E à medida que Aquele que O completa se une a Ele, Ele Se unirá a ti que estás completo quando te unes a Ele e Ele a ti.

7. Após a tua preparação, apenas lê cada uma das duas ideias que te são designadas para revisão naquele dia. Em seguida, fecha os olhos e dize-as lentamente para ti mesmo. Não há nenhuma pressa agora, pois estás usando o tempo com o propósito para o qual ele foi destinado. Deixa que cada palavra brilhe com o significado que Deus lhe deu, tal como ela te foi dada através da Sua Voz. Deixa que cada ideia que revisares naquele dia te dê a dádiva que Ele depositou nela para que tu a recebas Dele. E não estipularemos nenhum formato para a nossa prática, a não ser isto:

8. A cada hora do dia, traze à tua mente o pensamento com o qual o dia começou e passa com ele um momento quieto. Em seguida, repete as duas ideias que praticas naquele dia, sem pressa, com tempo suficiente para ver as dádivas que contêm para ti e deixa que sejam recebidas lá onde lhes foi designado estar.

9. Não acrescentamos nenhum outro pensamento, mas deixamos que estes sejam as mensagens que são. Não precisamos de nada mais do que isso para nos dar felicidade e descanso, quietude sem fim, certeza perfeita e tudo o que é a Vontade do nosso Pai que recebamos como a herança que temos Dele. À medida que revisamos, encerraremos cada dia de prática como começamos, primeiro repetindo o pensamento que fez daquele dia uma ocasião especial de bênção e felicidade para nós, o qual, através da nossa fé, restabeleceu o mundo da escuridão à luz, da aflição à alegria, da dor à paz, do pecado à santidade.

10. Deus oferece agradecimentos a ti, que praticas assim o cumprimento do Seu Verbo. E, ao dar a tua mente às ideias do dia mais uma vez antes de dormir, a Sua gratidão te cerca na paz onde é a Vontade de Deus que estejas para sempre, a qual agora estás aprendendo a reivindicar mais uma vez como tua herança.


Assista abaixo a gravação da leitura feita pela Paulinha Oliveira ou ouça em nosso perfil no Spotify:




Se algo vibrar forte aí em seu coração, compartilha com a gente aqui nos comentários. Sua experiência pode contribuir muito com os estudos de toda a comunidade na Frequência do Amor! <3




#FrequênciadoAmor