LIÇÃO 32 do Livro de Exercícios de “Um Curso em Milagres” (UCEM)




LIÇÃO 32


Eu inventei o mundo que vejo.



1. Continuamos hoje a desenvolver o tema de causa e efeito. Não és vítima do mundo que vês, pois o inventaste. Podes desistir dele com a mesma facilidade com que o inventaste. Tu o verás ou não, conforme desejares. Enquanto o quiseres, tu o verás; quando não mais o quiseres, ele não estará mais lá para que o vejas.

2. A ideia para o dia de hoje, como as precedentes, se aplica aos teus mundos interior e exterior que, de fato, são o mesmo. Porém, como tu os vês como se fossem diferentes, os períodos de prática para o dia de hoje mais uma vez incluirão duas fases, uma envolvendo o mundo que vês fora de ti e a outra o mundo que vês na tua mente. Nos exercícios de hoje, tenta introduzir o pensamento de que ambos estão em tua própria imaginação.

3. Mais uma vez começaremos os períodos de prática da manhã e da noite, repetindo a ideia para o dia de hoje duas ou três vezes, enquanto olhas à tua volta o mundo que vês como se estivesse fora de ti. Em seguida, fecha os olhos e olha o teu mundo interior. Tanto quanto possível, tenta tratar ambos igualmente. Repete a ideia de hoje sem pressa tantas vezes quantas desejares, enquanto observas as imagens que a tua imaginação apresenta à tua consciência.

4. Para os dois períodos mais longos de prática, são recomendados três a cinco minutos e um mínimo de três minutos é requerido. Mais de cinco podem ser utilizados, se achares o exercício repousante. Para facilitar isso, escolhe um momento em que prevejas poucas distrações e em que te sintas razoavelmente pronto.

5. Estes exercícios também devem ser retomados durante o dia, sempre que puderes. As aplicações mais curtas consistem em repetir a ideia lentamente, enquanto examinas o teu mundo interior ou exterior. Não importa qual dos dois escolhas.

6. A ideia para o dia de hoje também deve ser aplicada imediatamente a qualquer situação que possa afligir-te. Aplica a ideia dizendo a ti mesmo:

Eu inventei esta situação tal como a vejo.



Assista abaixo a gravação da leitura feita pela Paulinha Oliveira ou ouça em nosso perfil no Spotify:




Se algo vibrar forte aí em seu coração, compartilha com a gente aqui nos comentários. Sua experiência pode contribuir muito com os estudos de toda a comunidade na Frequência do Amor! <3




#FrequênciadoAmor #LiçõesdoUCEM #UCEM #UmCursoemMilagres