top of page

Encontro do dia 26/12/2021 - "O amor está em toda parte"



Abertura do encontro - Check-in:


“A lição que eu nasci para ensinar e ainda quero ensinar a todos os meus irmãos é que o sacrifício não está em parte alguma e o amor está em toda parte.”


T-15.XI.7:5


- Participação de Paulinha Oliveira como convidada especial. Interação com os demais estudantes. A guiança para participar do encontro neste dia. Mente focada no Capítulo 15: Natal, instante santo e outros temas. A “novidade” de estar no lugar de participante no encontro ao invés de mediadora.


- Expressão de Paulinha sobre experiência mística com o pai durante o Natal:


Lembrete sobre a coragem de desconstruir as decisões já tomadas pela sociedade. O quanto precisamos tomar consciência das diversas decisões já tomadas e a coragem de dizermos a nós mesmos: “não sei”.


Lembrete do propósito de não manter nada privado e compartilharmos o que pensamos e sentimos com os nossos companheiros poderosos.


Lembrete do perdão para tudo, em todas as situações.


A importância de ter atenção aos nossos gatilhos que fazem mudarmos a nossa mente para o ego. A necessidade, nesses momentos, de nos empenharmos no treino para corrigirmos os nossos equívocos de percepção.


Lembrete para o cuidado com os símbolos do passado.


Lembrete sobre o quanto a guiança de Jesus está nas sutilezas, a cada momento. Mesmo planejando certas ações, não sabemos de nada.


Lembrete do quanto nos encontramos em cenas repetidas até aprendermos o que Jesus quer nos ensinar.


Exibição de trecho do filme O Rei Leão - “Lembre-se de quem você é”; “Lembre-se de quem é o seu pai”. O símbolo da presença do Espírito Santo, no filme e no nosso cotidiano, para nos guiar pelo caminho.


Lembrança de trecho da lição 359: “Todas as portas das prisões estão abertas”, em vivência prática de cura na mente no relacionamento com o pai.


A atenção para perceber as sutilezas do Espírito Santo, mas também as sutilezas do ego. “O que é um biscoito Mentira?”.


- Expressão sobre curar o passado, superando resistências e mágoas do passado. Experimentar os relacionamentos com mais paz e amor. Aprendizado prático de que é dando que se recebe. Entrega da vergonha e do auto julgamento.


- Expressão sobre conexão na expressão de cura do outro, que também é a nossa. A importância de ouvir o outro, olhando além do personagem, para “quebrar as correntes” e nos libertarmos verdadeiramente. Vivência da seção IX do Capítulo 15: O instante santo e a atração de Deus.


- Expressão sobre o impacto da exibição do trecho do filme O Rei Leão. Vivência de Natal em paz e leve e da percepção curada sobre os irmãos.


- Reflexão sobre os papéis de mãe e filha. Expressão sobre pensamentos equivocados de posse e controle. Entrega ao Espírito Santo, pedido de perdão e a resposta sutil recebida por meio do companheiro poderoso.


- Expressão sobre a importância da vigilância, sobretudo quando “entramos na lama”. Pedido ao Espírito Santo para ajudar a viver ao máximo os ensinamentos que ele quer para nós.


- Expressão sobre o compartilhar com os irmãos e o quanto esse tipo de expressão reverbera em outras situações para a cura da mente. Reconhecimento da percepção da separação e a leveza de entender que todos estamos cumprindo um papel.


- Expressão sobre criações do ego, por meio das religiões e crenças diversas propagadas pelo mundo. Expressão de gratidão por não querer salvar outros irmãos e seguir trabalhando pela própria cura.


- Fechamento sobre a importância de reforçar o compromisso com a cura na mente em qualquer lugar que estejamos, tendo confiança no Espírito Santo e nos nossos irmãos. Esse é o único propósito que pode verdadeiramente nos unir. “O que faz de um irmão um companheiro poderoso não é o irmão, mas a sua confiança nele”. Sempre há cura em todas as salas de aula quando há comprometimento com a cura da mente. Nada é impossível para Deus.

Commenti


bottom of page